TRILOGIA ANDINA – ESPIRITUALIDADE ALÉM DO VISÍVEL

Boa noite amigos da TRILOGIA INCA, estive ausente buscando finalizar nossa grande aventura Andina, mas volto hoje com um tema apaixonante, que originou todo este meu trabalho:

TRILOGIA ANDINA – UMA ESPIRITUALIDADE ALÉM DO VISÍVEL

O mundo da Espiritualidade Andina é rico e cheio de mistérios, não sendo alcançado pelos olhos na maioria das vezes, como diria Marilene de Melo Pitta, Facilitadora do trabalho Curador Xamânico e Roda de Cura.

O mundo da Espiritualidade Andina está na dimensão de um contato direto com a energia do coração da Pachamama. Há que se andar pelas estradas rodeadas de árvore milenares, de pedras que testemunharam o esplendor do Império INKA, de fontes e nascentes magníficas onde possivelmente os nativos das montanhas de MACHU PICCHU se banharam, no lendário Peru.

Este instante é mágico! Necessita-se parar, meditar e referenciar para se alcançar o nível dos ensinamentos que vêm do céu azul andino. O turista despreocupado que busca somente desviar da pedras para alcançar o melhor ângulo da fotografia sempre magnífica, perde o encantamento e a energia que se desprende facilmente dos sítios místicos e sobe espiralando para o céu, entre as nuvens que passeiam lentamente sobre as montanhas…

Nesse momento pode-se ver um campesino caminhando devagar, porque sabe que aquelas pedras contam uma história milenar escondida nas dobras do tempo…

Para que você não se torne um viajante distraído, nesse mundo mágico, deixando de absorver a cosmovisão andina, vamos explicar como se pode penetrar nesse universo atemporal  e se confrontar com os 3 mundos energéticos:

MUNDO DAS SOMBRAS – UM PORTAL GUARDADO PELA SERPENTE 

É um espaço energético úmido com inúmeras armadilhas emocionais e energéticas. Ali residem todas as emoções não qualificadas como o medo, a insegurança, o orgulho, a inveja dentre tantas outras.

Entrar em contato com o Mundo da Serpente é confrontar-se com o oculto, com aquilo que jogamos debaixo do tapete e escondemos de nós mesmos. é a armadilha do Ego Infantil, que não deseja crescer e transformar-se num ser humano equilibrado, mais centrado, mais feliz e inteiro na sua própria existência de ser aquilo que é: fundamentado e espelhado na Divina Essência.

Pode-se ainda acrescentar que a Serpente é a rainha das regiões inferiores, onde se encontram os mortos.

SEPENTE

MUNDO DA REALIDADE – UM PORTAL GUARDADO PELO PUMA

Grande caçador das montanhas, olhar atento,faro felino, estratégia de combate eficaz na busca da presa certa. É como na vida! Necessitamos lutar o bom combate, obter a vitória saboreando a conquista com prazer e silêncio.

Mundo do Puma é o mundo das lutas, onde um guerreiro iluminado sabe onde buscar o alimento e o esconderijo. Assim também o ser humano deve saber das nutrições internas, do sentido de suas buscas, do que o faz sonhar e realizar. O Puma é a realização, o Poder do agir, o Poder do foco.Sempre recuar ao farejar o perigo ou a presença do inimigo, afastar-se para evitar o confronto, por não valer a pena determinadas lutas. o Bom Combate, sim, sempre vale a pena lutar!

Pode-se ainda acrescentar que o Puma é o senhor da terra em vivem os homens.

PUMA

MUNDO ESPIRITUAL – UM PORTAL GUARDADO PELO CONDOR

O grande soberano e senhor das alturas. Entrar o espaço cósmico do Condor é ter uma relação energética com os Apus (seres das montanhas), que abrem as conexões com o mundo invisível.

Assim, quando se contempla o voo do Condor deve-se fazer uma leve reverência com a cabeça, sinal sutil só percebido e sentido quanto todos os outros olhares estiverem na mesma ciranda encantada.

Condor é a amplidão espiritual, a vastidão universal. Entrar em contato com o energético do Condor é abrir-se para os ensinamentos que brotam da Sabedoria Ancestral!

Pode-se acrescentar que o Condor domina os céus que é a região dos Deuses.

CONDOR

Toda vez que a TRILOGIA ANDINA abrir-se para qualquer ser humano, deveria ser feita uma oferenda para a Pachamama. Dizer do fundo do seu coração da sua alegria em servir e viver na luz, sempre amparado por seu manto ornamentado com a Natureza viva de cores, cristais, plantas, animais, águas nascentes, oceanos, montanhas, pedras, sons, silêncios, devoção e tudo o que possa fazer do viver uma oração!

Posso dizer, por vivência pessoal, que esse mistério não se ensina com lápis e papel: é fruto da Tradição oral, da Presença, da Força, do Exemplo vivo e, mais do que tudo, da Devoção!!!

Outro símbolo sagrado é a Cruz Andina, inspirada no Cruzeiro do sul, possuindo 3 degraus de cada lado que representam cada um destes Animais ou Reinos.

CRUZ ANDINA

Estar naquelas montanhas, respirar aquele ar rarefeito que entontece inebriando, comungar na essência das tradições indeléveis, atravessar a Porta do Sol, foi a sensação mais completa de integração e desdobramento que eu já vivenciei!

SER INKA É POSSUIR ESSA TATUAGEM NA ALMA E NO CORAÇÃO: UM TOTEM!

PACHAMAMA 3

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s