TARÔ -2ª PARTE

Nesta segunda etapa vamos falar sobre o TARÔ ESOTÉRICO, o jogo de cartas usado como parte integrante do ocultismo moderno, juntamente com a Astrologia, a Alquimia e a Cabala.

laminas 4

TARÔ ESOTÉRICO

Como já explicamos, o termo TARÔ ESOTÉRICO refere-se ao uso de cartas de TARÔ como um complemento dos meios utilizados no ocultismo moderno, como também o são a Astrologia, Alquimia e a Cabala.

A primeira divulgação do uso divinatório do TARÔ veio de um ocultista francês chamado Alliette, que usava um pseudônimo de “Etteilla”, e que atuava como vidente e cartomante  logo depois da Revolução Francesa. Ele desenhou o primeiro baralho esotérico, alterando varias cartas do TARÔ de Marselha, incluindo textos com significados divinatórios escritos nas cartas.

No reinado de Napoleão I, pela influência de sua primeira esposa Josefina, Mademoiselle Marie-Anne Le Normand popularizou a divinação do jogo do TARÔ, mas não utilizava o baralho típico. Desde então as cartas de TARÔ são associadas ao misticismo e à magia.

Ainda conta a história que os ciganos, que estavam entre os primeiros a usar o TARÔ  para o uso divinatório, eram descendentes dos antigos egípcios, o que demonstra a semelhança entre as palavras gypsy Egypt, em inglês, mas isso é um estereótipo para qualquer tribo nômade,e foram os responsáveis pela introdução das cartas na Europa.

Finalmente, a concepção de que as cartas são um código místico foi mais profundamente desenvolvida por Eliphas Lévi (1810 -1875), difundida ao mundo pela Ordem Hermética da Aurora Dourada. Sua obra Dogme et Rituel de la Houte Magie (Dogma e ritual da alta Magia), de 1854, apresentou uma interpretação das cartas do TARÔ de Marselha, que as relacionava à Cabala Herética, e aos Quatro Elementos da Alquimia.

TARÔ DIVINATÓRIO era cada vez mais popular o Novo Mundo a partir de 1910, com a publicação do TARÔ de Rider-Waite, que foi elaborado e executado por dois membros da Aurora Dourada. Este baralho substituía a simplicidade tradicional das cartas numeradas de naipe, por cenas simbólicas, obscurecendo as alegorias cristãs do TARÔ de Marselha. Este baralho trocou algumas lâminas, trazendo “O Hierofante” no lugar de  “O Papa”, e “A Alta Sacerdotisa” no lugar de “A Papisa”. O TARÔ Rider-Waite é ainda muito utilizado no mundo anglófono.

A partir de  então, uma enormidade de baralhos diferentes aconteceram, alguns tradicionais, outros totalmente diferentes. O uso divinatório do TARÔ,  ou como um compêndio simbológico, inspirou a criação de inúmeros baralhos oraculares, para inspiração ou divinação, contendo fadas, deuses, forças da natureza, etc. Essas cartas, apesar de influenciadas pelo TARÔ, não seguem sua estrutura tradicional, omitindo ou trocando alguns naipes, ou alterando significativamente o número e a natureza dos arcanos maiores.

laminas3

– ESTRUTURA:

TARÔ ESOTÉRICO é constituído de 78 Arcanos e se encontra dividido em dois grupos: Arcanos Maiores e Arcanos Menores.

– ARCANOS MAIORES – possuem 22 símbolos arquétipos que revelam os estados latentes das idéias e possibilidades da vida, a saber:                                                                                                                                                                             1.- O Mago                                                                                                                                                                               2.- A Sacerdotisa – A Papisa                                                                                                                                                   3.- A Imperatriz                                                                                                                                                                         4.- O Imperador                                                                                                                                                                         5.- O Papa                                                                                                                                                                                 6.- Os Enamorados                                                                                                                                                                 7.- O Carro                                                                                                                                                                                 8.- A Força                                                                                                                                                                               9.- O Eremita                                                                                                                                                                             10.- A Roda da Fortuna                                                                                                                                                           11.- A Justiça                                                                                                                                                                             12.- O Enforcado                                                                                                                                                                       13.- A Morte                                                                                                                                                                               14.- A Temperança                                                                                                                                                                   15.- O Diabo                                                                                                                                                                             16.- A Torre                                                                                                                                                                               17.- A Estrela                                                                                                                                                                           18.- A Lua                                                                                                                                                                                 19.- O Sol                                                                                                                                                                                 20.- O Julgamento                                                                                                                                                                   21.- O Mundo                                                                                                                                                                           22.- O Louco

– ARCANOS MENORES – são os que expressam os resultados, e as formas das ideias, contidos no primeiro conjunto dos Arcanos Maiores, possuindo 56 Arcanos distribuídos por quatro símbolos básicos: o Naipe de Ouros, Naipe de Espadas, Naipe de Copas e o Naipe de Paus. Por sua vez, cada naipe possui 10 Arcanos numerados e 4 Arcanos com figuras da corte medieval (Valete, Cavaleiro, Rainha, Rei).

laminas 2

Naipe de Ouros – está relacionado ao elemento terra, vida material, conquistas financeiras, profissionais, enfim a tudo que é tangível em termos materiais. A ambição tem relação com o Naipe de Ouros. Outra característica é a dedicação, o empenho, o esforço, tanto nos estudos como no trabalho.

Naipe de Espadas – esta ligado ao elemento ar e está relacionado ao poder ambivalente da mente e do pesamento.

Naipe de Copas – é pertencente ao elemento água e ao mundo dos sentimentos, sendo o símbolo da taça relacionado ao coração, como receptáculos das emoções humanas.

Naipe de Paus – corresponde ao elemento fogo que a tudo transforma e transmuta sem ser alterado; representado pelo bastão, está ligado ao fazer e à criatividade.  

laminas 5

– MÉTODO:

A leitura do TARÔ é executada por meio de uma técnica específica, jogos e métodos a serem estudados. A leitura deste oráculo não é tão simples como pode parecer, por isso que Médiuns, escolhidos ou estudiosos devem seguir um caminho longo de estudos para uma litura séria do TARÔ.

Num processo mediúnico, o TARÔ seria como um elo de ligação espiritual entre o ser e o Plano Superior, tal como outros instrumentos o fariam, a exemplo da cristalomancia ou a piromancia.

Mas existem técnicas de leituras baseadas numa teoria consistente, que neste caso servem tanto para a busca de autoconhecimento como para o desenvolvimento espiritual.

Para finalizar esta postagem, que buscou amparo em vários autores renomados, posso acrescentar que como experiência pessoal, o TARÔ me representa um diagrama da vida, uma mensagem do inconsciente e uma ponte entre o Plano Espiritual e o terrestre, servindo, portanto tanto para uma orientação psicológica ou terapêutica e vínculo para autoconhecimento, como a magia da predição do futuro, como Oráculo que é!

laminas6

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s