PRETOS VELHOS

Hoje acordei com uma vontade muito forte de falar sobre os PRETOS VELHOS, e, como tudo que posto vem da minha intuição para depois tornar-se pesquisa e após postagem, vou escolher um que especialmente tocou meu coração, pois foi a mão que me abençoou e me libertou de males físicos, descortinando toda uma vida de dedicação e amor ao próximo: PAI BENEDITO DE ARUANDA!

pai benedito 1

PAI BENEDITO DE ARUANDA

Em sua última encarnação, PAI BENEDITO DE ARUANDA nasceu na África e, ainda menino foi trazido à força para o Brasil, no ano de  1602, para trabalhar como escravo.Teve uma vida curta, pois desencarnou com quarenta anos de idade.

Aqui, no plano material, na região de Recife/PE, foi iniciado por Sacerdotes Africanos, também escravizados mas que tinham uma relativa liberdade porque viviam na propriedade de um “Senhor de Engenho”, que fazia vista grossa para a religiosidade de seus escravos.

Ao desencarnar, permaneceu aqui, no astral brasileiro, auxiliando escravos encarnados, mas inicialmente as divindades cultuadas por seu povo não recebiam nomes, que só vieram a ser conhecidos por volta de 1810, quando da chegada de  milhares de escravos vindos da região da Nigéria. A religião era mais bem elaborada nesta região conhecida como Nigéria, muito mais bem fundamentada também, e o PAI BENEDITO DE ARUANDA tinha sido iniciado nela, quando vivia no plano material.

Sua identificação com os Orixás Nagôs foi imediata, eis que já vinha se dedicando a amparar e auxiliar as pessoas e os espíritos de escravos que desencarnavam. Foi acolhido no seio do Culto aos Orixás como um benfeitor dos menos favorecidos e da humanidade. Os Sagrados Orixás abriram-lhe os portais de acessos aos seus Mistérios Divinos, nos quais foi iniciando-se, e com o passar do tempo, PAI BENEDITO DE ARUANDA tornou-se um manifestador espiritual desses mesmos Mistérios.

Atuou como Mentor Espiritual de vários Médiuns que seguiam o Culto dos Orixás e, quando ocorreu a fundação da UMBANDA, em 1908, o PAI BENEDITO DE ARUANDA foi convocado a integrar-se a ela e trazer para dentro dela o seu imenso grupo de Espíritos afins, todos preparados por ele, no lado espiritual, e já atuando como Guias Espirituais ou Protetores dos seus afins encarnados.

Na UMBANDA “fundou” duas linhas de trabalhos espirituais: a dos PRETOS VELHOS “PAI BENEDITO DE ARUANDA”, e a outra a dos “CABOCLOS FLECHEIROS”.

pai benedito 3

Seu amor  e dedicação aos Espíritos de à humanidade já o distinguem como um dos luminares do nosso abençoado Planeta, e como um dos Mentores Espirituais da Religião Umbandista. Amor e dedicação são as qualidades que mais se destacam nesse Espírito abnegado que, diante dos Sagrados Orixás, consagrou-se por inteiro e em todos os sentidos aos seres humanos. 

pai benedito 5

Termino essa publicação com os olhos marejados de lágrimas e com muita emoção, pois lembro-me da primeira vez que ajoelhei ao pé de um PRETO VELHO chamado PAI BENEDITO DE ARUANDA, como última tentativa de uma cura que já não acreditava possível e, com a docilidade que é peculiar aos PRETOS VELHOS, ele me disse: “Zi fia,  como tá sofrendo, mas com o perdão dos omi de branco, seus males não são deste mundo, jogue os remédios na instalação! Ocê é um cavalo que tem que trotá, e tem muita gente bonita pra montá na sua cacunda! Ocê tem mais a dá do que a pedi e o primeiro convite da Espiritualidade é sutil, o segundo é no tranco! Ocê vai tê uma trégua de 7 lua prá pensar!” (Transcrevo suas palavras como foram ditas e eu nunca as esqueci).

pai benedito 2

Eu acreditei, joguei fora todos os medicamentos que aos 26 anos estava tomando: stugeron, isquemil, lexotan, pois minha tontura não dava tréguas e fui diagnosticada por Neurologistas renomados como portadora de um tumor benigno chamado Neuroma, na base do crânio. No ato cirúrgico para remoção do tumor, eu poderia ficar cega, surda ou muda! Tinha na época minha filha, 4 anos de idade!

Eu já não dirigia, tudo rodava e, ao dormir já abençoada pelo PAI BENEDITO DE ARUANDA eu não imaginava que no dia seguinte estaria livre de tudo que me afligia. Assim ocorreu por 7 dias e eu voltei ao Centro de Umbanda, já dirigindo e feliz. Das 7 luas que me foi dada a trégua, eu transformei em mais de 20 anos de trabalho mediúnico, agradecendo sempre a oportunidade do trabalho!

pai benedito 4

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s