OFERENDAS -SEGUNDA PARTE – PACHAMAMA

Hoje vamos terminar a publicação sobre as OFERENDAS, e falaremos sobre a PACHAMAMA, a Mãe Terra, que é traduzida pelos agradecimentos que os Andinos fazem no seu dia, que é festejado em 1º de Agosto.

paco9

OFERENDAS À PACHAMAMA

Para os Andinos PACHAMAMA é a Mãe Terra, é a geradora de abundância e de tudo que existe na terra, é a vida, as estações, a fecundidade, o ciclo da vida, da morte e do renascimento.

paco7

A palavra “PACHA” originalmente significa universo, mundo, lugar, tempo. A palavra “MAMA” significa mãe, sendo comemorada a festa da PACHAMAMA no dia primeiro de Agosto, ocasião em que os Andinos, de todos os locais que um dia formaram o Império Inca, fazem suas oferendas de agradecimento. Dão de comer à terra, com o agradecimento no coração, por tudo o que receberam dela e por tudo que tiveram oportunidade de doar.

paco1

Conta a lenda que PACHAMAMA aparece aos homens como uma velha e pequena mulher e que os estrangeiros que a vêem, jamais deixarão de retornar aos Andes.

Fazer um PAGO é um ato de conexão, de amor, de doação e de recebimento, mas também é fácil verificar que se trata de uma arte, uma mandala de cura. Cada objeto, semente, raiz, bebida, de um PAGO, carregada com a energia vital de que oferece, com a intenção e o coração, transforma-se na conexão vital do humano com o divino, e sua capacidade de transitar nos três mundos com sintonia e equilíbrio.

paco5

Existem muitas formas de PAGOS, nos Andes é os interessados podem  adquirir todos os componentes nos encantadores mercados ao ar livre, e as pessoas também podem contar com a agradável e constante simpatia de um povo que vive nas alturas, literalmente com os pés na terra e a cabeça no céu.

paco16

Por exemplo, toda a OFERENDA À PACHAMAMA deve ter entre seus itens as três folhas verdes de coca, formando os K’intus que são vários conjuntos de 3 folhas, em múltiplos de 3. Podem ser formados vários conjuntos de acordo com a criatividade e a energia pessoal, para adornar o PAGO. Os adornos e componentes deve ser dispostos de forma circular, como um lindo trabalho de arte.

paco8

Para finalizar essa postagem vamos entender a grande mensagem desse maravilhoso povo Inca, que  deixaram três basilares ensinamentos em seu legado à humanidade, que agora traduziremos de sua língua mãe, o quéchua:

– Munay – amor;                                                                                                                                                                         Llankay – trabalho;                                                                                                                                                                  – Yachay – sabedoria.

Na sua doçura e sabedoria, na sua grandeza e espiritualidade, esse povo das alturas, das montanhas azuladas dos Andes,  ensinaram aos homens buscar a compreensão na linguagem dos rios, na perenidade das montanhas, na altivez das árvores, na beleza dos animais, para que pudessem ver com os olhos da alma e se comprometesse apenas com o essencial.

Posso dar meu testemunho a vocês amigos da TRILOGIA INCA, que só quem esteve no meio dessa beleza, na imensidão daquelas montanhas, na magia do Vale Sagrado e na magnitude de Machu Pìcchu pode entender as mensagens deixadas por essa cultura Andina. Caminhando em Cusco, na Praça de Armas, convivendo com os peruanos, podemos agradecer esse contato com a magia e a humanidade, com a natureza e com as energias de que dela emanam e,  sentir o privilégio de estar vivo!

paco10paco12paco14paco15

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s