SHAMBALLA – SEGUNDA PARTE

Vamos dar continuidade ao maravilhoso mundo misterioso de SHAMBHALA, que sempre motivou várias especulações e buscas desse horizonte perdido.

lemurianos10

SHAMBHALA

Uma das profecias de SHAMBHALA falava da degradação da raça humana, com o crescimento irrefreável do materialismo em todos os cantos do mundo, haveria uma invasão de bárbaros no Himalaia, e as névoas se dispersariam revelando a cidade incrustada nas montanhas, tal qual joia rara. Essa invasão bárbara a SHAMBHALA seria impedida por Rudra Cakrin (kalki), 32 rei, que conduziria a reação contra os invasores, que seriam destruídos.

lemurianos11

Outra profecia, já para os tempos atuais, prevê a dissolução do budismo no Tibet, com o avanço do materialismo no mundo. E é possível verificar que ele está praticamente anexado à China, que tem um governo radical no que se refere a tradições religiosas, pretendendo controlar os Mosteiros e interferir na tradição protocolar e hierárquica dos Lamas, a exemplo do exílio do Dalai Lama, em 1959.

O irmão mais velho do Dalai Lama atual, (2007), Jigme Norbu, no livro Tibet, atesta a existência de SHAMBHALA, de seus habitantes, sua tecnologia fantástica, suas cultura gravada nas bibliotecas com todo o saber universal, e o papel dos dirigentes do universo. Conta que ali se guarda um tesouro em todos os sentidos, oculto em abrigos subterrâneos, em fortalezas de pedra, em cavernas. Isto tudo se encontra não somente na Cordilheira do Himalaia, mas também nos Andes. (Jornal Infinito, 2007).

lemurianos4

Ainda que existam contradições em torno da mitológica SHAMBHALA, é certo que é o habitat de seres superiores dotados de faculdades extraordinárias que não se manifestam no homem contemporâneo. São sempre mencionados como Mestres, e entre os que lá habitam, supostamente, destacam-se Buda JESUS, ainda que em estado de Jinas.

– ESTADO EM JINAS – seria um não-lugar, situado em uma lacuna do tempo onde existe a cidade de SHAMBHALA. Os habitantes de Jinas, os grandes Mestres da humanidade vivem em corpos imortais por milhares de anos, e podem projetar-se ou manifestar a si mesmos em todas as dimensões do Universo (ubiquidade), e têm poder sobre toda a Criação. São orientados por infinita sabedoria, amor, senso de justiça, misericórdia e onisciência sobre todas as coisas.

lemurianos6

Outro dado sobre este país secreto no Tibet Oriental, SHAMBHALA, encontra-se no Livro de Ouro da Igreja Gnóstica, que relata que ali vive atualmente JESUS, CRISTO, com seu mesmo corpo ressuscitado há mais de dois mil anos. Lá vivem também muitos Mestres da Igreja Gnóstica, cujos corpos datam de milhares de anos, e estão em estado de Jinas.

O reino invisível de SHAMBHALA é habitado por seres muito antigos que pertencem aos remotos tempos da Terceira Raça Humana, os Jurássicos e os Lemurianos, que experimentou as primeiras formas humanas caracterizadas pela diferença de sexo e modo de procriação.

lemurianos1

Originariamente as pessoas da Terceira Raça eram assexuadas, tornaram-se bissexuais ou hermafroditas, ou andrógenos; finalmente dividiram-se em gêneros heterossexuais: macho e fêmea. Mas alguns Lemurianos continuaram virgens (assexuados), tornando-se “Deuses”, originando uma Dinastia Divina.

Relata-se que a introdução do sexo na ontologia humana foi a causadora das grandes mudanças no comportamento da Raça: o desejo que era o vetor da conservação da espécie, tornou-se o causador dos grandes desequilíbrios, surgindo então o “pecado” no mundo, nas variadas formas de violência. Essas sub-raças não tardaram a se destruir mutuamente, na primeira metade da Era Mesozoica.

Nesse caos, e em socorro da Raça que enfrentava uma Era Glacial, manifestaram-se os Nirmanakayas, Serpentes Sábias, Dragões de Luz e os precursores dos Iluminados (Buddhas) – reis divinos que ensinaram as artes e as ciências, e viveram entre os humanos até meados do período de existência da Quarta Raça, Raça Atlante.

lemurianos2

Quando começaram a prevalecer a maldade e os baixos instintos, entre os homens, a civilização Atlante, já em decadência, teve seus Reis divinos abandonando o mundo e retirando-se para a remota e mítica Ilha ou Reino de SHAMBHALA, para uns e AGHARTI, para outros. Ali presidiram o fim da Quarta Raça, escapando de um cataclismo e viram o despontar da atual  Quinta Raça, que infelizmente, agora, testemunham novamente a decadência.

lemurianos8

Esse Post teve como fontes de pesquisa alguns autores como: Blavatsky – “Os Filhos de Deus e a Ilha Sagrada”; Livr de Ouro da Igreja Gnóstica; “Mistey Of Shambhala” por Jason Jefrey, entre outras fontes.

Bem, queridos amigos da TRILOGIA INCA, espero que vocês possam ter viajado até SHAMBHALA em pensamento, em emoção e tenham sentido a energia e a magia que lá existe…

lemurianos3lemurianos9

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s