FENG SHUI- PRIMEIRA PARTE

Boa tarde amigos da TRILOGIA INCA, vamos decorar hoje nossa vida, nossas casas e nosso coração com a energia maravilhosa do FENG SHUI, que significa na tradução literal vento e água, e vem da pronúncia americanizada expressando o barulho do vento e da água. Por ser um tema bastante extenso, vamos dividir em duas partes.

feng shui1

FENG SHUI

Representa o conhecimento das forças necessárias para conservar as influências positivas , que circulam no tempo e no espaço, redirecionando as influências negativas no intuito de beneficiar os usuários dessa corrente de pensamento. Relaciona os ideogramas Feng = vento = Yang Shui = água = Yin, que representam o conhecimento dessas forças.

feng shui14

Essa corrente de pensamento analítico versa de mais de 4000 anos de tradição. Os Mestres Chineses que a consolidaram perceberam que cada área natural, edificação ou terreno seria portadora de sua própria vibração, sofrendo a influência do que era  chamado em chinês de qi = Ch’i, e sendo também influenciado pelo ambiente que a rodeia.

feng shui5

Nesse estudo de ambientes, os Chineses compreenderam a importância  de estudar como organizar as edificações, móveis e objetos da forma mais adequada a favorecer seus usuários, seguindo a interpretação da natureza, pois algumas vibrações seriam positivas e outras destrutivas para o corpo e a mente.

feng shui6

Para os chineses, as pessoas que buscam o equilíbrio com as forças benéficas da Natureza, podem gozar de boa sorte e prosperidade, ao passo que se as ignoram e afinizam com influências negativas , podem atrair doenças, má sorte e até indisposição.

Para constar, a ciência de hoje não endossa tais assertivas, mas os Mestres Taoistas que a desenvolveram não a usavam isoladamente, tratando-a como um instrumento de equilíbrio utilizado em conjunto com outras práticas afeitas à Medicina Tradicional Chinesa, tais como a Acupuntura, a Meditação e o Tai Chi Chuan.

feng shui17

Para os Chineses, a importância do FENG SHUI é comparada ao importante diagnóstico de um Acupunturista no alívio dado pelas agulhas ao problema circulatório, com a organização ambiental efetivada pelo Consultor deste estudo, que ao detectar influências negativas em um espaço físico, o reorganiza a fim de liberar a circulação da energia como um todo.

feng shui20

Pode ser considerada única cada avaliação de FENG SHUI no que se refere ás influências magnéticas existentes em determinado local, sua edificação e seus habitantes.

feng shui9

Então pode ser determinado que o FENG SHUI possui em sua estrutura três objetivos básicos:

1º.- Guardar e preservar as boas influências disponíveis no lugar, para que as mesmas permaneçam e se distribuam suavemente pela edificação;

2.- O segundo objetivo é reduzir os efeitos negativos das variantes de influências nocivas a um determinado local, que estavam presentes na construção ou derivaram das alterações em seu entorno;

3.- O terceiro e último objetivo é implantar curas que possam produzir resultados nos quesitos saúde bem-estar e harmonia para os habitantes daquele local,  que pode ser realizado com a modificação na arquitetura, forma, cor e posicionamento dos objetos presentes no local.

Ao longo dos anos os Chineses desenvolveram criteriosos mapas e sistemas matemáticos, amparados na Filosofia Taoista que serviam para  mapear as singulares características magnéticas de uma edificaçao, mesmo antes de ela ser construída. O FENG SHUI trabalha cada ambiente em dois diferentes níveis: o visível o invisível.

feng shui10

– O ASPECTO VISÍVEL:

É tudo que se pode ver, as diversas formas e dimensões de cada local e suas  relações aparentes. Pela observação o Expert no FENG SHUI poderia dizer o que está errado num determinado ambiente, como a porta principal alinhada com a porta dos fundos, ou a escada alinhada com a  porta de entrada, ou ainda objetos pontiagudos ou de aparência nociva ou desagradável na direção das portas ou janelas. Estas são situações de fácil correção, segundo os consultores e os resultados são positivos.

feng shui8

– O ASPECTO INVISÍVEL:

É considerado o mais importante porque somente os métodos mais elaborados do FENG SHUI são capazes de detectar as “influências invisíveis” de uma construção. Pode ser exemplificado com a sensação de bem-estar ou mal-estar que certos ambientes provocam nas pessoas.

Este estudo do invisível é realizado através de cálculos matemáticos que descrevem o campo eletromagnético existente num determinado local, e seu enquadramento em relação à planta do terreno ou edificação que está sendo trabalhada. Nesse estudo entram todos os componentes dos estudos da Astrologia Chinesa que aborda os aspectos da vida, para que sejam entendidos e compreendidos os efeitos da orientação do imóvel em relação aos referidos campos eletromagnéticos já abordados, e o por que das vibrações existentes.

feng shui15

De acordo com os praticantes do FENG SHUI, não é possível a correção de problemas visíveis sem que da mesma forma  sejam mapeados  os aspectos invisíveis, por que sem essa tomada de posição, os resultados não seriam efetivos nem duradouros. As influências nocivas invisíveis precisam também ser corrigidas no nível visível, como exemplo: trabalhando a cor, a forma, os materiais associados ao espaço sob analise.

Os Chineses que imigraram   para os Estados Unidos a partir do século XIX, construíram edificações embasadas nos ensinamentos do FENG SHUI nos bairros que habitaram, como em New YorK, San Francisco e Los Angeles.

Um grande divulgador do FENG SHUI foi o Movimento da Nova Era, que interessou-se pelo seu estudo e seus princípios, divulgando-o no Ocidente, como  forma de  organizar espaços de uma forma séria, mas banalizou seu preceitos chegando às raias da superstição. O FENG SHUI  é muito utilizado ainda, em sua forma tradicional, na China Rural, na Malásia, em Taiwan e Hong Kong.

feng shui7

As Escolas de FENG SHUI mais importantes e conhecidas atualmente são as seguintes:

1.- Escola da Forma – pertence ao FENG SHUI Tradicional Chinês;

2.- Escola da Bússola – igualmente pertence ao FENG SHUI tradicional Chinês;    

3.- Escola do Chapéu Preto – é de origem Tibetana,   e utiliza o BA GUA, alinhando o norte = gua do trabalho – à porta    principal.

Outra informação importante é que desde meados do Século XX, a prática do FENG SHUI foi considerada ilegal na República Popular da China, e durante a Revolução Cultural, grande parte dos seus praticantes foram preso, perseguidos e tiveram seus livros queimados. Foram submetidos à privações e humilhações extremas devido ao fato de terem conhecimento da cultura tradicional chinesa, tornando-se uma prática pouco conhecida pelos jovens na China Continental.

A atual modernização do País, permitiu que o FENG SHUI se tornasse uma das mais importantes fontes de pesquisas para as Universidades Chinesas.

feng shui 18feng shui12

.

d

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s