HISTORIA DO PISCO SOUR

Boa tarde amigos da TRILOGIA INCA, hoje vamos falar sobre uma bebida que retrata um povo, uma cidade, um país: o PISCO SOUR.

am21

HISTÓRIA DO PISCO SOUR

PISCO SOUR, drinque mais famoso do PERU, é uma espécie de caipirinha do pais. Tem como base o PISCO, aguardente obtido com a destilação da uva, com gradação alcóolica entre 38 e 48.

am6

A bebida nasceu no século XVII, no vale de Ica, próximo a um povoado chamado PISCO. Alguns historiadores como Luciano Revoredo Guilhermo Toro Lira, mencionam em suas obras que encontraram em jornais peruanos, descrições sobre a preparação de PISCO com limão no século XVII, em LIMA.

am4

Essa bebida misturada surgiu como consequência da proibição da venda do PISCO, aguardente de uva, devido as brigas originadas de sua ingestão pelos peruanos, nas imediações da Praça de Toros de Acho, na cidade de LIMA.

am1

Este periódico relata que ali naceu um produto denominado Punche, vendido pelos escravos e preparado a base de PISCO com limão, que poderia ter sido, segundo o historiador Revoredo, um antecedente do PISCO SOUR.

am3

Ainda segundo investigações de Jose A. Schiaffino, que publicou um livro “El Origen del PISCO SOUR”, o coquetel chamado PISCO SOUR se originou no  PERU, nos anos 20, no Bar Morris, situado na Rua Boza 847, LIMA, onde se oferecia como novidade esta bebida, inspirada no Whisky Sour.

am9

A peculiaridade sobre a origem do PISCO SOUR, é que sua fórmula teria sido inventada pelo californiano Victor V. Morris, proprietário do Bar Morris, que teria aberto suas portas em 1915 e deixado de existir em 1933.

am2

Nos anos 1928 a 1929, um Guia de Lima, escrito por Cipriano Lagos, destaca a bebida servida no Bar Morris, comentando que o PISCO SOUR seria uma especialidade da casa. Foi o suficiente para que todos os hotéis elegantes da época passassem a servir o PISCO SOUR, sendo apontado o Hotel Maury como o criador desta bebida em sua atual fórmula.

am15

Em 2003, o Governo Peruano determinou uma istrução para fomentar local e internacionalmente o consumo do PISCO SOUR. Desta forma todas as Repartições do PERU, todas as Missões Diplomáticas, Consulares e Representações Internacionais, em suas despesas com bebidas, deveriam dispor 50% para adquirir o PISCO, e outros 50% para outros licores.

am18

Isso incentivou os produtores do PISCO de uma forma inusitada, tanto que promoveram incondicionalmente o uso da bebida, que denominavam de Coquetel de Honra, Vinho de Honra PISCO de Honra.

am14

Uma Resolução Ministerial 161-2004-PRODUCE, de 22 de Abril de 2004, instituiu o “primeiro sábado do mês de fevereiro de cada ano” como o “Dia Del PISCO SOUR”, a nível nacional.

E em 18 de Outubro de 2007, o Instituto Nacional de Cultura do Peru (INC),  declarou o PISCO SOUR como  Patrimônio Cultural da Nação, baseado na Convenção para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial da UNESCO.

am12

Para a fabricação do PISCO, as uvas frescas passam por cubas de fermentação por um período de 7 a 14 dias. Depois imediatamente, o líquido vai para o alambique a fim de ser destilado, passando por um repouso de 3 a 9 meses.

am19

TIPOS DE PISCO

Ao todo o PERU fabrica 8 variedade de uva que podem ser assim divididas:  aromáticas = italia, albilla, moscatel torontel; não aromáticas = quebranta, negra criolla, molar uvina, que geram 4 qualidades de PISCO.

1.- O puro, feito apenas de uma variedade de uva;

2.- O acholado, conhecido como blended, proveniente de uma mescla de diferentes tipos de uvas;

3.- O mosto verde, feito com uvas que ainda não completaram o processo de fermentação, sendo destilada antes do açúcar se transformar em álcool;

4.- O aromático, feito com uvas aromáticas.

am20

PISCO se transformou em uma bandeira nacional, possuindo até um museu. Este museu se encontra na cidade de CUSCO, e funciona como um bar e museu, contando a história da bebida. No “Museo del PISCO” pode ser encontrado diversos tipos de bebida como diversos tipos de drinques podem ser degustados. O visitante pode fazer uma aula de PISCO SOUR, para aprender a preparar o icônico drinque com um barman especializado, a um custo de 25 soles, o que seriam mais ou menos, R$ 20,50.

am17

RECEITA DO PISCO SOUR

Ingredientes: 57ml de PISCO; 28ml de PISCO macerado com casca de limão; 28 ml de sumo de limão; 28 ml de xarope de açúcar; 1 clara de ovo, 5 a 8 cubos de gelo; molho de pimenta.

Modo de Preparo: coloque o PISCO, o limão, o xarope de açúcar, a clara e o gelo em uma coqueteleira. Agite por 10 a 25 segundos, até formar espuma. Peneire sobre o copo e, em seguida, adicione de 2 a 3 gotas de molho de pimenta sobre a espuma.

am13am8

Bem amigos da TRILOGIA INCA, espero que vocês tenham gostado da dica e da receita. Eu, sempre dando o meu testemunho posso falar que estive no Museo del Pisco, em CUSCO, local imperdível e alegre, que faz parte do nosso Roteiro, e bebi muitos PISCOS SOURS, que, sem medo de errar, posso dizer, fazem com que nos sintamos mais conectados com a maravilhosa energia peruana! Vamos?

am16am5

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s