CRUZ DE CARAVACA

Boa noite amigos da TRILOGIA INCA, hoje vamos falar sobre um símbolo muito forte e mágico, a CRUZ! Mas esta não é simplesmente a que todos conhecem como o instrumento que torturou e matou o CRISTO JESUS! Estamos nos referindo à  CRUZ DE CARAVACA.

a--2

CRUZ DE CARAVACA

A história da CRUZ DE CARAVACA nos remete ao século XIII, Espanha, numa região denominada CARAVACA, cuja cidade tem o mesmo nome e estava sob o domínio dos Mouros, chefiados pelo Califa Abu-Zeyt, conhecido como  Muhammad Ben Yaquib.

a--13

Este soberano Mouro desejava conhecer a Fé Cristã e ordenou a um dos seus prisioneiros, o Pároco Gines Perez Chirinos, que celebrasse a Santa Missa numa sala especialmente preparada dentro do Castelo de Alcázar.

Foi montado um Altar e todo o material necessário pedido pelo Pároco foi providenciado e colocado dentro daquele aposento. A celebração seria no dia 03 de Maio de 1232.

a--12

Naquele dia o Soberano Mouro, sua família, sua corte e alguns de seus soldados estavam reunidos no local previamente decorado para a celebração da Santa Missa, quando o Pároco verificou que faltava a Cruz, pois não fazia parte da lista alcançada ao Sultão.

Receoso da reação do Soberano, mas impossibilitado de oficiar o Santo Ofício, o Pároco relatou que sem o símbolo máximo do Cristianismo, CRUZ, não poderia continuar a cerimônia.

Sultão estava frustrado e falava ao Pároco sobre o problema quando da janela surgiram raios de luz  e um grande Milagre aconteceu! Entraram pela janela dois Anjos envoltos em luz, trazendo uma CRUZ com formato diferente, toda em ouro e revestida de pedrarias coloridas, e a colocaram sobre o Altar.

a--9

Naquele momento, o Califa Abu-Zeyt, sua família e os muculmanos ali presentes cheios de fé se converteram ao Cristianismo, libertando o Pároco Gines Perez Chirinos e todos os prisioneiros. A fortaleza foi depois transformada em Igreja.

a--11

Sem que ninguém tenha podido explicar, e como por encanto, no dia 14 de fevereiro de 1934, esta maravilhosa CRUZ desapareceu do Altar em CARAVACA. A despeito de seu desaparecimento, a Igreja não desconsidera o mágico aparecimento da CRUZ DE CARAVACA, considerando este fato como real, verídico e Milagroso.

a--8

Tamanha a importância deste fato, que o Papa Pio XII concedeu à cidade de CARAVACA duas pequenas hastes do “Lignum Crucis”ou seja, a Madeira da CRUZ, denominada Santo Lanho, por ser um pedaço da CRUZ onde JESUS foi crucificado, para que  fosse confeccionada a atual CRUZ DE CARAVACA, que substituiu a primeira, misteriosamente desaparecida.

a--7

Desde então, muitos outros Santos da Igreja Católica adotaram a Sagrada CRUZ DE CARAVACA, pois seu poder sobrenatural, os muitos Milagres realizados, fizeram com que seus devotos divulgassem ainda mais este símbolo tão pródigo em realizações e graças, conquistando ainda mais a devoção dos fiéis, em todas as partes do Mundo.

a--14

De acordo com as várias culturas e localizações, a CRUZ DE CARAVACA é também conhecida pelos nomes de: SANTÍSSIMA VERA CRUZ DE CARAVACA, CRUZ DAS MISSÕES, CRUZ DE LORENA, CRUZ DE BORGONHA, CRUZ DE SÃO MIGUEL, CRUZ MISSIONEIRA (Rio Grande do Sul/Brasil) e WISHING CROSS  (cultura Afro-Americana).

a--1a--3

CARAVACA é uma das cidades mais antigas da Espanha, e para alguns ocultistas era o antigo reduto da Ordem dos Templários, pois era uma fortaleza militar montada para explusar os Mouros e restabelecer o Cristianismo.

a--15

No México, CRUZ DE CARAVACA é um forte amuleto religioso popular e é voz corrente que a cópia da CRUZ DE CARAVACA original, foi a primeira CRUZ a chegar naquele País. Acreditam os mexicanos que esta maravilhosa CRUZ, tem o poder de conceder desejos.

a--10

No sincretismo Religioso da UMBANDA, CRUZ DE CARAVACA é um símbolo de cura que alguns Pretos Velhos da Linha de OMULU gostam de ter como “ferramenta de trabalho”. Os dois braços da CRUZ representam a distinção Patriarcal, o que remete à uma origem anterior oriental. Popularmente, os dois braços significam a redobrada. É conhecida também como a CRUZ DOS 4 ELEMENTOS: água, fogo, terra e ar.

a--17a--4

A CRUZ DE CARAVACA  é eficiente para curar todas as classes de doenças como também é utiizada em inúmeras práticas para a libertação de feitiços e encantamentos com bênçãos e exorcismos.

a--16

Bem amigos da TRILOGIA INCA, como sempre eu gosto de dar o meu testemunho em quando o tema abordado, como hoje, teve fatos significativos em minha vida. Neste caso, o que ocorreu foi que há alguns anos eu comprei um carro zero, e meus filhos muito curiosos quiseram dar “uma voltinha” na noite em que eu trouxe da concessionária. Ao descer na calçada, meu filho menor, caiu e cortou o queixo: o primeiro passeio foi ao Hospital para suturar o queixo do meu garoto.

Depois disso, sempre tinha algumas situações de batidas e sustos com o carro, como no dia em que eu estava estacionada em cima de uma calçada e um rapaz perdeu o controle de seu veículo e bateu em vários carros, acabando por colidir com o meu, apesar de estar fora da rua.

Consultando um Preto Velho, pois na época eu trabalhava na UMBANDA, fui aconselhada a comprar uma CRUZ DE CARAVACA, e depois de benzê-la, colocar no chaveiro do meu carro. Ao fazer isso, os incidentes acabaram até que um motorista da minha empresa foi levá-lo para a revisão e, temendo que perdessem o chaveiro, retirou a CRUZ DE CARAVACA e guardou-a. No caminho para a Oficina Autorizada, foi batido por outro carro. A partir deste incidente, nunca mais deixei de ter em meus carros a maravilhosa proteção da CRUZ DE CARAVACA!

a--5

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s